segunda-feira, 30 de julho de 2012

O sal é a "substância cara aos deuses". Platão



Origens
Desde a Antiguidade que o sal é utilizado pelos homens e é considerado um bem muitíssimo precioso. Consideravam eles que era uma dádiva dos Deuses, e associaram-no tanto á religião, quanto á bruxaria. Para além disso, o seu valor monetário e econômico era comparável ao do ouro, da seda e das especiarias.
A palavra sal vem do vocabulário grego “hals” e “halos”, que tanto significam sal como mar. Da mesma raiz se deriva a palavra “halita”, dada ao Cloreto de Sódio encontrado em depósitos naturais, que é o sal gema.

O uso do sal ao longo dos tempos e culturas:
Na Antigüidade, era oferecido aos deuses, era usado pelos sacerdotes tanto em liturgias religiosas como em cerimônias mágicas, como para afastar os demônios. Os assírios utilizavam-no nos cultos religiosos.
No antigo Egito, o sal foi considerado matéria sagrada e era usado como produto sagrado, sendo feitas oferendas de sal aos Deuses.
Os Egípcios usavam igualmente o sal para desidratar e embalsamar o corpo dos faraós.
Os romanos consideravam o sal um símbolo de sabedoria, e por isso usavam-no num ritual aos recém-nascidos: derramavam sal sobre eles para que não lhes faltasse a sabedoria.
Na Idade Média, os alquimistas usavam o sal como elemento entre o mercúrio e o enxofre, sendo essencial á transmutação de metais. O sal continuava sendo indispensável para afastar os maus espíritos, os demônios e as bruxas. Assim, deitava-se sal na chaminé da casa para impedir os demônios de nela entrarem.
Na obra de Leonardo da Vinci (1452-1519), “A última ceia” retrata um saleiro derrubado diante de Judas e apontando na sua direção.
Os árabes citam recomendações de Maomé para: "começar pelo sal e terminar com o sal; porque o sal cura numerosos males".

A atualidade do sal:

Foi e tem sido usado no esoterismo e bruxaria para afastar as energias ruins e os maus espíritos.
Para os gregos, hebreus e árabes o sal é considerado o símbolo da amizade e hospitalidade, sendo que na Arábia comer sal acompanhado é considerado uma ação sagrada.
No oriente médio acredita-se que quando duas pessoas comem sal juntas, formam um vínculo. Por isso, usa-se sal para selar um contrato.
Em Marrocos deita-se sal nos lugares escuros para espantar os maus espíritos.
Em Laos e Sião, as mulheres grávidas lavam-se diariamente com água e Sal, para proteger-se contra as maldições.
Nos países Nórdicos, coloca-se Sal junto ao berço das crianças, para proteção.
No Havaí, a pessoa que volta de um funeral polvilha sal sobre si mesma, para garantir que maus espíritos que rondassem o defunto não a acompanhem em casa.
O sal é amplamente utilizado no esoterismo, em vários rituais de magia, pois tem uma função purificadora, seja ele usado sozinho seja em conjunto com outros produtos.

Uso do sal exorcizado na Magia:
Utiliza-se o sal exorcizado para diversas finalidades como proteção contra energias negativas e obsessores, maus espíritos, cortes de magias e feitiços, proteção de lugares e ambientes,entre outras. O sal exorcizado fica impregnado de força e poder através das orações e conjurações, nomes sagrados e virtudes as quais lhes são impostas.
Adquira já o seu e não abra mão desta proteção! ciganamariarosa@gmail.com


Seguem algumas dicas:

“Tempero” de limpeza da casa:
 Copo de água com sal atrás da porta de entrada da sua casa.Coloque água dentro de um copo de vidro e junte-lhe 3 pitadas de sal refinado.
Coloque o copo atrás da porta de entrada da sua casa e troque a água todas as semanas, deste modo a sua casa será limpa das energias negativas.

Harmonização do lar:
No início do mês comece por limpar da sua casa as inutilidades (objetos, roupas que já não usa, revistas...) e conseqüentemente as energias a elas agarradas. Coloque um pouco de sal pelos 4 cantos de cada divisão da casa. No final do mês, no último dia, recolha todo o sal. Num pano branco “virgem” coloque o feche o pano, dando-lhe sete nós. Atire para a água, seja água de rio ou de mar, mas esteja de costas quando o fizer, e depois de o fazer não olhe para trás.
  
O banho com água e sal:
 O banho de sal grosso é o chamado "descarrego". É recomendado para eliminar as toxinas, porque o sal anula o excesso de energia, e limpar a sua aura. Quando esta está saturada o sal a recompõe rapidamente. Comece por tomar o seu banho do costume. Passe então pelo seu corpo a água com sal previamente preparado (pode ter um balde com o preparo ao lado do chuveiro) para não ter que interromper o banho. Dê especial atenção á zona do seu umbigo, pois aí se localiza um dos principais chacras, e é a zona do seu corpo por onde é absorvida a maior quantidade de energia negativa. Tome um segundo banho de chuveiro para retirar o excesso de sal e se harmonizar visto que o sal elimina tudo seja de positivo ou negativo, pode até jogar uma água de flores ou ervas frescas.
  
Amuleto com sal para afastar inveja do seu dinheiro:
O que é preciso: 1 saquinho de tecido verde, 3 moedas douradas, esmalte incolor, uma toalha de banho vermelha, água corrente e sal grosso.
Comece limpando as moedas, se forem antigas ou de antiquários melhor ainda. . Seguidamente, as moedas mágicas deverão ser preparadas para se energizarem a fim de cortarem a influencia negativa da inveja. Assim passe-as abundantemente por água corrente, esfregando-lhes o sal grosso. Coloque-as ao sol para secarem, sobre um pano vermelho. Aplique então o esmalte nelas.
Guarde então as suas moedas mágicas no saquinho de tecido natural verde e mantenha-o dentro de sua mala ou carteira. O amuleto é seu e de mais ninguém! Não deixe que outra pessoa lhe toque ou veja as moedas.

Amuleto com sal para afastar inveja de sua casa feito no dia do seu aniversário:
O que é necessário: 1 lenço branco, 7 sementes de romã; 7 sementes de melancia; 3 dentes de alho com casca.
Coloque tudo dentro do lenço e dê-lhe 7 nós (3 com 2 pontas, 4 com as outras 2).
Coloque-o dentro de sua casa dentro de um vaso. Deverá trocá-lo anualmente, no dia do seu aniversário.

Uso do sal para limpar talismãs e amuletos:
 Dependendo do material, existem várias formas de limpar os nossos amuletos e talismãs. Para limpar o amuleto basta deixá-lo em água corrente, ou enterrá-lo num vaso de planta. Mas também pode deixá-los em água com sal grosso, ou deixá-los sob a chuva. Caso o seu amuleto não possa ser molhado, então o ideal é colocá-lo dentro de um prato com sal grosso.


3 comentários:

Dany Marchese disse...

Fantástica explicação!Vamos usar as dicas!

RUTE disse...

Menina, este post está completissimo!
Em parte já sabia das virtudes do sal por isso faz tão bem tomar banho de mar. Ele também é muito utilizado para limpar pêndulos e cartas. Nunca usei na casa.
Obrigada pelas dicas.
Beijinhos.
Rute

nana disse...

Adorei as dicas!!!!